terça-feira, 15 de junho de 2010

MEC abre inscrições para mais de 60.000 bolsas do ProUni.


Começa hoje (15) e vai até sábado, dia 19, o período de inscrição para o Programa Universidade para Todos (ProUni). São oferecidas 60.488 bolsas – 39.113 de custeio integral e 21.375 que custeiam 50% da mensalidade – em 1.225 instituições de ensino superior. Podem concorrer à bolsa integral candidatos com renda familiar mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa (R$ 765). À bolsa parcial podem se candidatar aqueles cuja renda familiar mensal por pessoa não seja superior a três salários mínimos (R$ 1.530).
O processo seletivo será feito em uma única etapa, com seis chamadas subsequentes, e os interessados em participar da seleção deverão se inscrever exclusivamente pela internet, no endereço http://www.mec.gov.br/.
Para concorrer a uma bolsa, o candidato deve ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em colégio particular como bolsista; ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2009 e alcançado no mínimo 400 pontos na média das cinco provas. O candidato poderá fazer até três opções de curso e instituição.
Também podem se inscrever professores da rede pública de ensino básico interessados em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Para esses candidatos não se aplica o critério da renda.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Festa Junina 2010 BrigadeiroFontenelle

Cidades Digitais - Apresentação

Apresentação

O projeto do Governo do Estado consiste na instalação de redes sem fio banda larga ou pequenas redes de fibra óptica, que baixarão, no interior do Estado, o sinal da rede da Eletronorte, viabilizando ações como telemedicina, tele-educação e segurança pública, além da interligação nos municípios atendidos, de todos os órgãos governamentais. As Cidades Digitais também vão possibilitar ao interior a chamada governança eletrônica (serviços públicos pela internet, como consultas sobre documentos e inscrição em concursos).

As redes sem fio instaladas operarão na faixa de freqüência de 5,7 GHz, tecnologia Wi-Max, não necessitando de licença de operação junto a Anatel. Em cada cidade será instalada uma estação servidora no POP do Governo do Estado/Eletronorte, que irradiará o sinal de rádio para as estações clientes. As estações clientes serão órgãos do Governo Estadual e Municipal tais como: escolas, secretarias municipais e estaduais, postos de saúde e hospitais, delegacias, quartéis da PM, Bombeiros, etc.


Diagrama básico de interconexão de um enlace geral envolvendo uma conexão Backhaul* e uma conexão ponto-multiponto.

* Backhaul: enlace de dados de alta capacidade.

Fase 2 (Nordeste paraense - 45 cidades):

(Atualizado em 01/07/2009)

• Acará
• Augusto Corrêa
• Benevides
• Bonito
• Bragança
• Bujaru
• Capanema
• Capitão Poço
• Castanhal
• Colares
• Concódia do Pará
• Curuçá
• Garrafão do Norte
• Igarapé-Açu
• Igarapé-Miri
• Inhangapi
• Irituia
• Itupiranga
• Magalhães Barata
• Maracanã
• Marapanim
• Moju
• Nova Timboteua
• Ourém
• Paragominas
• Peixe Boi
• Primavera
• Quatipuru
• Salinópolis
• Santa Bárbara do Pará
• Santa Isabel do Pará
• Santa Luzia do Pará
• Santarém Novo
• Santo Antonio do Tauá
• São Caetano de Odivelas
• São Domingos do Capim
• São Francisco do Pará
• São João da Ponta
• São João de Pirabas
• São João do Araguaia
• São Miguel do Guamá
• Terra Alta
• Tomé-Açu
• Traquateua
• Vigia

terça-feira, 1 de junho de 2010

Semana do Meio Ambiente

Estudantes participam de caminhada em defesa do meio ambiente

Chamar atenção da sociedade para as questões ambientais. Motivados por este objetivo mais de 600 estudantes, de 50 escolas da rede estadual de ensino, ganharam as ruas de Belém, na manhã deste domingo, 30, em uma “Caminhada Verde”. A ação que teve como tema "As Mudanças Socioambientais e a Biodiversidade Amazônica", abriu a programação promovida pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no próximo dia 05.

Os estudantes saíram em caminhada, às 10h, da Praça Santuário, percorrendo a Avenida Nazaré até a Praça da República. Durante o percusso, fizeram a demonstração de procedimentos sustentáveis, por meio da coleta seletiva, recolhendo o lixo exposto nas ruas e praças. Eles também apresentavam placas indicando os objetos que mais agridem o meio ambiente, como o vidro, papel, plástico, metal, entre outros. Personagens das lendas amazônicas, como o Boto e a Matinta Encantada, ganharam vida durante a caminhada, sendo interpretados pelo professor Maicon Brigida e pela atriz, Maria Borges.

Os alunos Victor, de 7 anos, e Tainá, de 10, ambos da 4ª série do Centro Educacional 15 de Outubro, localizado no bairro do Coqueiro, estavam fazendo a sua parte na luta em prol do meio ambiente. “É importante que todos preservem o meio em que vivemos, para que não aconteça mais tragédias ambientais. É cuidando do meio, que vamos respirar um ar sem poluição”, alertaram os alunos.

Para o secretário de Estado de Educação, professor Luís Cavalcante, essa caminhada é o momento em que os alunos passam a conhecer, por meio das orientações dos seus professores, a importância de se preservar o meio em que vivem. “A questão ambiental tem que ser prioridade nas escolas, é um tema transversal, que deve ser discutido por todos os professores e se estender até a comunidade escolar, por meio do programa de Portas Abertas”, ressaltou.

“Dentre várias ações de preservação ambiental destaca-se as mudanças de hábitos para formação dos cidadãos paraenses, com atitudes ambientais corretas”, é o que afirma a secretária Adjunta de Ensino, Ana Lúcia Santos. “Cuidar do meio ambiente é dever de cada um e de cada uma de nós; precisamos deixar um ambiente melhor para nossos alunos, filhos e netos, para que eles encontrem um espaço sadio para viver. A caminhada tem o papel de levar à sociedade e aos alunos essa reflexão”, destacou.

É o que também defende a coordenadora de Educação Ambiental, Socorro Lopes. Ela disse que a caminhada verde vem chamar atenção para os impactos ambientais; "formar uma consciência ambiental, para que cada pessoa possa conviver no meio ambiente preservando e promovendo a qualidade de vida”.

A caminhada saiu do Centro Arquitetônico de Nazaré em direção à praça da República, onde aconteceu a apresentação de grupos de danças de escolas estaduais, teatro de fantoche e uma exposição sobre o Parque Estadual do Utinga.

Texto: Rita Martins
Ascom/Seduc
brigadeirofontenelle@hotmail.com
Rua São Domingos, s/n° - Terra Firme Belém - Pará